Comité Central do PCP reúne-se no domingo para analisar situação político-social

O Comité Central do PCP vai reunir-se no domingo para fazer uma análise da situação político-social nacional e as principais conclusões desta reunião serão apresentadas na segunda-feira pelo secretário-geral do partido, Jerónimo de Sousa.

De acordo com a informação divulgada aos órgãos de comunicação social, vai realizar-se no domingo “uma reunião do Comité Central para analisar a situação política e social” do país.

No dia seguinte, pelas 12:00, o secretário-geral comunista vai apresentar as conclusões desta reunião na sede do partido, na Rua Soeiro Pereira Gomes, em Lisboa.

A reunião vai ocorrer no início da semana em que é votada a proposta de Orçamento do Estado para 2022 (OE2022).

As negociações entre o Governo e os parceiros de esquerda e PAN com vista à viabilização do documento estão a decorrer desde julho.

O PCP anunciou pela primeira vez desde o entendimento feito há seis anos o voto contra na generalidade durante a apreciação da proposta apresentada pelo executivo socialista.

Contudo, o partido tem dito ao longo das últimas semanas que ainda há possibilidade de alterar o sentido de voto, mediante cedências que respondam aos problemas do país na ótica dos comunistas, e referindo-se a “resistência” do Governo no acolhimento dessas propostas.

À Lusa o líder parlamentar, João Oliveira, explicou que a posição do PCP este ano foi condizente com a atitude do Governo nos momentos negociais, considerando que o executivo não demonstrou a disponibilidade de anos anteriores.

O alargamento da gratuitidade das creches, o aumento de salários e pensões e a revogação da caducidade da contratação coletiva estão entre as principais respostas que os comunistas reivindicam, alertando sempre que as soluções não se prendem apenas com o Orçamento do Estado.

Ler Mais


Comentários
Loading...