CEO da BMW tem dúvidas sobre o crescimento futuro da Tesla

De acordo com a Bloomberg, o CEO da BMW, Oliver Zipse, afirmou ter dúvidas que a Tesla possa continuar com o crescimento de 36% relatado de 2019 para 2020 com o aumento de novos modelos elétricos lançados por marcas tradicionais do setor automóvel. Segundo Zipse, o mercado está a atravessar “um grande momento” e não será fácil para a Tesla manter o seu ritmo de crescimento.

Em 2020, a Tesla vendeu quase 500.000 carros elétricos, um número ligeiramente abaixo do seu objetivo inicial, mas que representa um crescimento de 36%. A marca americana estabeleceu como objetivo para o presente ano um crescimento médio na ordem dos 50%.

Já a BMW vendeu 192.646 veículos elétricos e híbridos plug-in, com um aumento de 31,8% face ao ano anterior.

Esta afirmação de Oliver Zipse tem algo de incomum porque não é habitual os CEO das marcas de automóveis se referirem aos resultados da concorrência. Não deixa de ser, no entanto, um sinal dos tempos, visto que ainda não há muito tempo, para os fabricantes tradicionais, a questão era quando a Tesla iria falir e não se iria conseguir atingir um crescimento anual de 50%.





Notícias relacionadas
Comentários
Loading...