Benfica: Rui Costa só aceita manter-se como presidente se houver eleições

Em reunião que decorre hoje na Luz para decidir o futuro do Sport Lisboa e Benfica, Rui Costa fez saber que pretende que haja eleições no clube o mais depressa possível.

Num cenário de convocação de eleições, a direção do clube terá de cair. A CMTV está a avançar que Rui Costa, que assumiu a presidência após a detenção de Luis Filipe Vieira, só aceita manter-se como presidente com a convocação de eleições no clube.

Como explica a CMTV, Rui Costa defende que sejam marcadas eleições logo que possível, mas antes disso é preciso concluir o empréstimo obrigacionista e concentrar atenções no acesso à Liga dos Campeões, assim como o mercado de transferências, que encerra a 30 de agosto.

Depois da detenção de Vieira, Rui Costa assumiu a presidência do clube encarnado, como referiu o Benfica em comunicado, emitido na sexta-feira: “Nos termos que se encontram estatutariamente previstos e em virtude da comunicação realizada hoje pelo Presidente da Direção, Luís Filipe Vieira, o Vice-Presidente Rui Manuel César Costa, assume, com efeitos imediatos, a Presidência do Sport Lisboa e Benfica, nos termos da alínea a do número 3 do artigo 61 dos estatutos do Clube. Esta nomeação tem o apoio unânime dos membros da Direção do Sport Lisboa e Benfica”.





Comentários
Loading...