APAV lança projeto para prevenir violência nos relacionamentos dos mais novos

As crianças e jovens são o foco da APAV no Dia Europeu da Vítima de Crime, que hoje se assinala, lançando um projeto centrado na prevenção da violência nos relacionamentos, dirigido a crianças entre os seis e 10 anos.

O Programa de Prevenção Hora de SER – Sensibilizar e Educar para os Relacionamentos é apresentado nas plataformas digitais da Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV) na terça-feira, ficando disponível pelas 10:00 no canal de Youtube e página de Facebook da associação, tendo por objetivo colocar “um enfoque mais específico na prevenção da violência através da promoção de relacionamentos positivos”.

O programa integra-se no Projeto SER Plus, financiado pelo Programa Cidadãos Ativ@s e gerido pela Fundação Calouste Gulbenkian e Fundação Bissaya Barreto, tendo entre os seus objetivos “a capacitação de profissionais para a implementação” deste programa, “garantindo o alargamento nacional da sua implementação e permitindo que mais crianças possam beneficiar de um programa de prevenção com evidências de impacto social positivo”.

Em comunicado, a APAV sublinha que “as crianças e jovens representam, pela sua idade, pela maior dificuldade em fazer valer os seus direitos e pela menor capacidade ou autonomia para denunciar e/ou procurar ajuda, um grupo particularmente vulnerável à vitimação”, pelo que “tem atuado consistentemente, na promoção e proteção dos seus direitos”.

A associação recorda o trabalho conjunto desenvolvido com organizações governamentais e com a sociedade civil em matérias como proteção contra violência doméstica, violência sexual ou tráfico humano, entre outras, e sublinha a “presença assídua” da APAV nas escolas, do pré-escolar ao ensino secundário.

“Em 2019, aproximadamente 30.000 crianças e jovens foram envolvidos em ações de sensibilização e de informação. Os temas mais solicitados por parte das escolas têm sido o bullying, o cibercrime, a violência doméstica, a violência no namoro e a violência sexual”, refere a APAV no comunicado.

O Dia Europeu da Vítima de Crime foi instituído pelo Victim Support Europe (VSE), um organismo que reúne 61 instituições de apoio à vítima de 31 países europeus.





Notícias relacionadas
Comentários
Loading...