Alpine sai reforçada do plano estratégico da Renault

O plano estratégico da Renault, designado como “Renaulution” e apresentado globalmente esta semana, prevê a criação de um novo carro desportivo elétrico que será o sucessor do A110. A grande novidade é que este veículo será desenvolvido em parceria com a Lotus, numa estratégia que prevê que a marca passe a ter uma gama 100% elétrica com características herdadas da Fórmula 1. É objetivo para este modelo que venha a ser um veículo de elevado desempenho e baixo peso, ao bom estilo desportivo.

O A110 é, assim, o último modelo a combustão interna da marca. Os modelos criados a partir de agora para os segmentos B e S terão como base as plataformas da Renault CMF-B e CMF EV.

A parceria anunciada entre a Renault e a Lotus inaugura uma fase de colaboração de ideias, tecnologias e proximidade para o desenvolvimento e produção futuros de veículos exclusivamente elétricos. A Lotus, de resto, já iniciou a sua incursão no mercado dos elétricos com o Evija, um super desportivo com nada menos do que 2.000 cv de potência.

O modelo criado pelas duas marcas não deverá ser lançado, no entanto, antes de 2024.





Notícias relacionadas
Comentários
Loading...