Abram alas para o primeiro trator elétrico e autónomo a chegar ao mercado

Uma start-up na Califórnia, EUA, anunciou hoje que está a desenvolver o primeiro trator elétrico e autónomo do mundo.

O veículo pode ser programado para realizar tarefas como arar, colher e cortar, durante mais de 10 horas, bastando apenas um carregamento das baterias entre quatro a cinco horas, como explica a Monarch Tractor.

Embora estre trator do futuro não precise de um motorista, necessita de um operador remoto que recebe vários alertas em tempo real e que pode parar o veículo sempre que for necessário. Para garantir a segurança de tudo o que o rodeia, este veículo inclui vários sensores.

Num comunicado enviado às principais redações do mundo, a  Monarch lembra que “quando um trator elétrico substitui o seu homólogo a combustível, está a reduzir as emissões de cerca de 17 toneladas de carbono, o equivalente a trocar 17 automóveis a gasolina, por veículos elétricos”.

Para o CEO da empresa, Praveen Penmetsa, “este é um sinal claro de que a agricultura está pronta para a transformação verde “.

Com 20 anos de história, a Monarch fechou o mês de março com mais de 16,31 milhões de euros.

Ao lado desta empresa, outros players do mercado, como a empresa de robótica Bear Flag, a Agrointelli, e John Deere, estão trabalhar em tratores elétricos e autónomos, porém a Monarch é a primeira a vender o projeto.

Ler Mais




Notícias relacionadas
Comentários
Loading...