Preço global dos alimentos dispara quase 40% em maio

Os preços globais dos alimentos sofreram, em maio, o maior aumento da última década (39,7%), de acordo com as Nações Unidas, que usa um índice global de preços, e que tem vindo a aumentar significativamente nos últimos 12 meses.

Os fornecedores de alimentos foram prejudicados por grandes disrupções na produção, mercado de trabalho e de transporte de mercadorias durante a pandemia. Estes dados são preocupantes e lançam o alerta sobre o impacto na recuperação económica mundial.

O índice da Food and Agriculture Organization da ONU avalia os preços em todo o mundo de alimentos como cereais, sementes, produtos lácteos, carne e açúcar.

Os preços em maio dispararam 39,7%, a maior subida mensal desde outubro de 2010.





Notícias relacionadas
Comentários
Loading...