PAN/Lisboa denuncia “onda” de resíduos no rio Tejo e pede respostas à Câmara Municipal

O Grupo Municipal do PAN endereçou hoje um requerimento à Câmara Municipal de Lisboa a pedir esclarecimentos relativos à grande quantidades de resíduos que são possíveis de encontrar no areal junto ao Cais das Colunas, no Terreiro do Paço, e à preocupante “onda” de resíduos que existe no rio.

O PAN/Lisboa fez saber esta quarta-feira, por comunicado, que questionou a autarquia quanto à origem desta poluição, se foram identificadas situações semelhantes noutros locais da cidade, bem como sobre que medidas tenciona a Câmara Municipal de Lisboa implementar para resolver esta problemática.

Conforme explicam os deputados do Grupo Municipal do PAN, “o rio Tejo tem, ao longo dos anos, sido alvo de inúmeros atentados ecológicos que colocaram, e colocam, em risco os ecossistemas e espécies que nele habitam e o seu equilíbrio. A falta de preservação do Tejo resulta diretamente na morte de espécies marinhas, na diminuição da qualidade da água e, consequentemente, afeta a saúde das populações, sem esquecer o impacto nas atividades económicas que dele dependem”.

Desta forma, e uma vez que “compete à Câmara Municipal de Lisboa assegurar a sua preservação”, os deputados municipais do PAN defendem que a autarquia deve acionar “os mecanismos necessários e previstos para esse efeito”.





Notícias relacionadas
Comentários
Loading...