Vencedores de Óscares a protagonizar maus filmes? Eis alguns dos piores exemplos

Para a maioria dos atores conquistar um Óscar representa o expoente máximo do sucesso profissional. A aclamação da crítica e dos seus colegas de profissão é um fator determinante na carreira de qualquer ator, sobretudo em Hollywood.

No entanto, depois de atingir o sucesso, nem sempre é fácil continuar a “desenhar” uma carreira consistentemente repleta de triunfos. O mais habitual é que acabem por trabalhar em projetos que não conseguem receber o mesmo nível de crítica positiva ou sucesso comercial.

[Leia também: 10 incríveis filmes de ação protagonizados por atores com mais de 50 anos]

Desde simples projetos de vaidade até surpresas completas, eis alguns dos exemplos mais famosos de filmes protagonizados por vencedores de Óscares que se transformaram em enormes desastres.

 

  1. “A Ilha do Dr. Moreau”: Marlon Brando

O facto deste filme – adaptado do clássico livro de H.G Wells – se ter transformado num enorme desastre não foi propriamente uma surpresa. Existiram inúmeros problemas ao longo da produção, estando a maior parte deles relacionados com a estrela Marlon Brando. O ator recusou-se, por exemplo, a memorizar os seus diálogos e como tal teve que usar um auricular. O resultado esteve bem à vista na versão final do filme.

 

  1. “Catwoman”: Halle Berry

A Catwoman sempre foi uma das personagens mais populares do universo Batman, como tal era esperado que o filme protagonizado por Halle Berry se transformar-se num enorme sucesso. Infelizmente isso não aconteceu. Apesar de elogiarem a atuação da atriz, as críticas ao guião e história do filme foram tremendas

 

  1. “Dirty Grandpa”: Robert De Niro”

Poucas pessoas estavam à espera de ver Robert De Niro contracenar com Zac Efron nesta comédia disparatada. O filme acabou por causar alguma polémica devido ao seu humor ofensivo e à forma como caracterizou os membros mais idosos da sociedade. Um crítico do The Times chegou a escrever que De Niro devia ter vergonha de cada segundo deste filme.

 

  1. “All About Steve”: Sandra Bullock

Na noite anterior à sua conquista nos Óscares Sandra Bullock recebeu um Razzie Award – prémios que celebram os piores filmes do ano – devido à sua participação no filme “All About Steve”. Tornou-se uma das poucas pessoas a ir receber presencialmente este prémio, revelando o seu incrível sentido de humor. Até ela foi capaz de admitir que o resultado final não foi o mais desejável.

 

  1. Suicide Squad: Viola Davis e Jared Leto

Após conquistar o seu primeiro Óscar, Viola Davis participou em alguns filmes mais comerciais. Uns melhores do que outros, mas provavelmente nenhum pior do que “Suicide Squad”. Neste filme juntou-se ao também vencedor de Óscar Jared Leto para contar a histórias de algumas das personagens mais queridas do Universo DC. Infelizmente a história do filme revelou-se uma enorme confusão e os críticos não perdoaram

 

  1. “Mother`s Day”: Julia Roberts

Praticamente todos são capazes de respeitar a carreira icónica de Julia Roberts, no entanto este filme marca um ponto baixo nessa jornada. Para além da péssima peruca que Roberts teve que usar ao longo do filme, o principal problema foi a incapacidade criar uma comédia romântica capaz de fazer as pessoas sentirem-se minimamente bem. Um desastre total.

 

  1. “Cats”: Jennifer Hudson e Judi Dench

Mais recentemente a versão cinematográfica de Cats causou um enorme embaraço. Muitos chegaram a afirmar que este podia ser o pior filme de sempre. Um dos principais “prazeres” de ver este filme foi assistir às interpretações humilhantes de celebres atores como Judi Dench. Nem a capacidade musical de Jennifer Hudson conseguiu salvar a imagem terrível das personagens.

 

  1. “Mortdecai”: Gwyneth Paltrow

Em 2015 existia uma enorme expectativa em torno deste filme. A campanha publicitária procurou ressalvar acima de tudo o elenco de excelência protagonizado por Johnny Depp e Gwyneth Paltrow. No entanto, e apesar de todos estes esforços, o filme fracassou tanto nas bilheteiras como na opinião dos críticos. “Um gasto de tempo e de dinheiro”, foi assim que muitos caracterizaram este filme.

 

  1. “Jack and Jill”: Al Pacino

Ver Al Pacino neste filme foi um choque para muita gente. Habituados a ver o ator em papéis mais sérios e complexos, ninguém esperava uma participação nesta comédia disparatada criada por Adam Sandler. O filme acabou por receber críticas bastante negativas, no entanto muito foram aqueles que consideraram a participação de Al Pacino hilariante.

 

  1. “Aloha”: Emma Stone

Este filme de 2015 foi considerado um dos piores da carreira do realizador Cameron Crowe. Não só pela fraca qualidade da narrativa, mas também muito por culpa da polémica gerada em torno da personagem interpretada por Emma Stone. O filme foi acusado de ser pouco sensível às questões étnicas por ter escolhido Stone para interpretar o papel de uma nativa do Hawaii com ascendência asiática.

 

 

[Leia também: Serão estes 5 filmes clássicos da Disney racistas?]

 



Notícias relacionadas
Comentários
Loading...