Teatro Maria Matos promove dia de festa para famílias

No próximo dia 14 de julho, sábado, o Teatro Maria Matos abre portas às crianças e famílias para a última edição do arlivre, num dia de festa que marca a despedida da gestão pública deste espaço pela Câmara Municipal de Lisboa.

O arlivre é um programa concebido especialmente para as famílias, com início às 15h00 e término às 22h00.

Segundo comunicado do Teatro Municipal Maria Matos, no jardim do Bairro das Estacas, junto ao teatro, irão realizar-se dez oficinas, “para pais e crianças, desde oficinas científicas, oficinas de conceção gráfica e impressão de cartazes a oficinas artísticas”.

Nas oficinas científicas há “Insetos que se comem”, “Brincadeiras pegajosas e coloridas” e “A nossa lua aqui tão perto”.

Nas oficinas de conceção gráfica e impressão, a título de exemplo, com a ajuda da Oficina do Cego, as crianças vão criar “mensagens visuais que permitam dar voz à necessidade de expressão e intervenção face ao que nos rodeia”, “com recurso a carimbos, stencil, caracteres de madeira e desenhos”.

Com o coletivo Homem do Saco, as crianças poderão “criar e imprimir um cartaz sobre este teatro e esta festa especial”, usando “tipografia em caracteres móveis sobre papéis pré-preparados, com impressão de serigrafia”.

O programa de oficinais artísticas inclui “Banquete”, um “espaço de exploração sensorial para os muito-pequenos”, com idades compreendidos entre os seis meses e os três anos.

Da última edição do aoarlivre fazem parte também vários jogos, como o Jardim Zoológico Pedonal, de Nuno G.Mello, e instalações, caso de “21 peças construídas em madeira para serem exploradas por crianças e adultos”, que serão colocadas num dos jardins do Bairro das Estacas.

Entre os vários espetáculos previstos, a organização destaca “O Baile das Coisas Importantes”, de Joana Providência, com texto de Afonso Cruz.

O programa completo pode ser consultado no site do Teatro Municipal Maria Matos.



Notícias relacionadas
Comentários
Loading...