Será que está com a pessoa certa? Eis os sinais a que deve estar mais atento

Não existe nada semelhante a uma vida conjugal perfeita. Independentemente do quão próximas duas pessoas possam parecer, a verdade é que continuam sempre a ser dois indivíduos distintos que têm necessidades e vontades próprias.

Para que uma relação seja bem sucedida é fundamental que se respeite este “espaço”, estas diferenças. À medida que a convivência evolui também o desenvolvimento pessoal de cada um tem que acontecer. É assim essencial aceitar o outro tal como ele é, não o tentando transformar e apreciando todos os pequenos detalhes da sua personalidade.

[Leia também: 5 comportamentos que deve (mesmo) evitar nas suas relações pessoais]

Quando duas pessoas conseguem fazer este exercício, então o mais provável é que se estabeleça uma relação incrivelmente saudável, capaz de melhorar a existência de cada. A confiança, o compromisso, o respeito e a comunicação são os pilares essenciais que devem ser cuidados e reforçados de forma a garantir o bem-estar de uma relação.

Eis alguns dos principais sinais que podem evidenciar se está numa relação com a pessoa certa.

 

  1. Pode ser quem é, sem receios

É provável que esteja familiarizado com alguns tipos de relações nas quais um dos parceiros domina por completo toda a dinâmica. Exige atenção constante e irá manipular para obter o que deseja. Ao contrário desta situação, quando estamos numa relação verdadeiramente positiva, os dois membros do casal tendem a possuir uma “força” semelhante. Não existe medo nem receio de que as suas palavras e ações possam ofender o outro. A verdade é expressa de uma forma natural. Ambos estão confortáveis com a sua forma de ser.

Sendo certo que, por vezes, podem não concordar em certos aspetos, a verdade é que raramente estão preocupados com possíveis críticas ou julgamentos. Sabem que podem discutir de uma forma respeitosa e construtiva, sem tentar envergonhar ou magoar o outro.

 

  1. Partilham o mesmo tipo de valores essenciais

É fundamental que ambos partilhem alguns tipos de valores comuns. As ideias e princípios fundamentais sobre a vida devem ser semelhantes. A visão que têm sobre o futuro também. O facto de partilharem objetivos comuns é também um excelente sinal, pois significa que irão passar uma vida a explorar em comum coisas que ambos apreciam e ambicionam. Uma visão partilhada de futuro é determinante para o sucesso futuro de um qualquer relacionamento.

 

  1. As diferenças são respeitadas

No fundo, isto significa que existe espaço para que cada um continue a viver de alguma forma a sua identidade própria. Apesar do projeto comum de vida e de uma visão de futuro partilhada, um casal saudável é aquele que continua a permitir que ambos explorem interesses e atividades fora da relação, que não são necessariamente partilhados. Nem tudo tem que ser vivido em comum. Isso acabará por ser algo sufocante. É este crescimento e desenvolvimento individual que irá permitir continuar a trazer algum tipo de “frescura” à relação.

 

  1. A sua relação é um “work in progress”

As coisas estão sempre em constante mudança. Nada permanece igual durante muito tempo. Uma relação saudável é aquela que compreende esta situação e que se vai conseguindo adaptar às mais diversas circunstâncias. Saber lidar conjugalmente com a mudança é determinante. O objetivo será sempre continuar a assegurar que a relação se mantém satisfatória para ambos os membros do casal, mesmo durante os momentos mais desafiantes.

 

  1. Confia no seu parceiro

A pessoa certa irá continuar a provar que é alguém honesto, com princípios, de confiança e que se mantém presente. São sinceros sobre quem são e sobre o que desejam. Não escondem as suas emoções. Isto não significam que não possam existir erros ou falhas, no entanto este tipo de confiança é essencial para assegurar o conforto e segurança da relação. É necessário estar com alguém que não irá esconder as suas vontades e que se manterá sempre o mais “transparente” possível.

 

 

[Leia também: Estão as relações monogâmicas destinadas a fracassar? Eis 3 factos científicos que prometem fazê-lo pensar]

 



Notícias relacionadas
Comentários
Loading...