Procrastinação? Conheça as estratégias que podem ajudar a resolver o problema

Todos já passámos por um momento semelhante: adiar ou atrasar uma qualquer tarefa simplesmente porque não a queremos executar. Sabemos que temos que fazer algo, mas não conseguimos encontrar a motivação. Este é um sinal claro de alguém que está a sucumbir à procrastinação.

Sabemos que só conseguimos mudar a nossa realidade através de decisões e ações no presente, todavia por vezes parece tão mais fácil adiar um qualquer momento importante. Infelizmente este pode tornar-se num padrão regular e assim caracterizar um estado de procrastinação.

[Leia também: Transformar sonhos em objetivos? Estas 8 dicas prometem ajudar]

Este é um problema que frequentemente tem a sua origem no medo de falhar. É diferente da simples preguiça. Qualquer tarefa que executamos – por mais simples que seja – apresenta um risco associado. As coisas podem sempre correr mal e por vezes este pensamento pode tornar-se paralisante. Escolhemos adiar a possibilidade de falhanço. Sendo certo que isso pode gerar um alívio momentâneo, a verdade é que pode colocar em causa o nosso futuro bem-estar e capacidade de alcançar objetivos.

Eis algumas das estratégias que pode seguir para quebrar um estado de procrastinação.

 

  1. Concentre-se naquilo que pode fazer hoje e não no que não fez ontem

Não fique obcecado com os erros do passado. O que passou já está feito. Torne o dia de hoje melhor.

 

  1. O melhor truque para conseguir começar é: começar

Estabeleça um regime de trabalho regular e bem definido. Não espere por momentos de inspiração. Encontre uma rotina de trabalho estável que permita concretizar pequenas tarefas num momento inicial. Apenas depois de estar já ocupado é que deve começar a trabalhar sobre os assuntos mais difíceis e complexos.

 

  1. Divida uma tarefa monumental em pequenos objetivos

É certo que é bom ter um objetivo final ambicioso. Todavia é fundamental que seja capaz de ir criando sub-objetivos que ajudem a manter a sua motivação e concentração. A sensação de ir conquistando pequenas vitórias vai tornar a sua jornada mais fácil.

 

  1. Faça intervalos agradáveis regularmente

Sempre que concretiza uma das pequenas tarefas deve ser capaz de se congratular. Pode por exemplo estipular uma recompensa: ver televisão, jogar, ler, etc. Apenas pode ter estes prazeres depois de concretizar o que estava a fazer. Ao longo do dia deve ser capaz de encontrar espaço para estes momentos mais prazerosos.

 

  1. No final do dia assinale aquilo que concretizou e aquilo que espera concretizar no dia seguinte.

Quando termina o seu dia de trabalho deve ser capaz de perceber exatamente tudo aquilo que conseguiu criar, planeando igualmente o que deseja fazer amanhã. Isto irá permitir organizar e “limpar” a sua mente. Tornando mais simples o começo do dia seguinte.

 

  1. Aplique a mentalidade do “suficientemente bom”

Não precisa de atingir a perfeição. Este não é um objetivo razoável. Estabelecer um standard muito elevado apenas irá fazer com que não consiga avançar. Irá aumentar o seu medo de falhar ou de deceção. Irá transformar toda a sua jornada numa experiência dolorosa e pouco gratificante.

 

 





Notícias relacionadas
Comentários
Loading...