Novo Toyota Auris sem opção Diesel

Terceiro modelo tendo como base a nova plataforma TNGA (Toyota New Global Architecture), o novo Auris é também o primeiro a deixar o Diesel devendo chegar ao mercado no final deste ano.

A nova geração do modelo de segmento C será produzida na fábrica britânica de Burnaston com uma gama de três motorizações, das quais duas serão híbridas: além do 1.2 Turbo de quatro cilindros de 116 CV, o Auris terá ainda o 1.8 Híbrido (quarta geração desta motorização) com 122 CV e o 2.0 Híbrido de 180 CV.

Mais longo e mais baixo que o antecessor – 4,37 m de comprimento, 1,79 m de largura, 1,43 m de altura, entre-eixos de 2,64 metros -, o novo Auris adota um design significativamente mais dinâmico e um estilo frontal mais marcante.

Em 2017, os híbridos representaram 41% das vendas totais da Toyota Motor Europe, aumentando 38% em relação ao ano anterior para 406 mil unidades. Em contraste, a percentagem de viaturas de passageiros Diesel Toyota foi inferior a 10% em 2017. Deste, e até final de 2018 não haverá nenhum veículo de passageiros da Toyota com motores Diesel.

“Esta não é uma nova direção, mas sim a continuidade de um rumo. Também lançámos o Aygo e o C-HR sem motores Diesel e este novo passo confirma que o Diesel vai ser gradualmente descontinuado na nossa gama de passageiros. (…) Não iremos desenvolver novos motores Diesel, focando-nos no desenvolvimento de novos híbridos”, afirmou Johan van Zyl, Presidente e CEO da Toyota Motor Europe.





Notícias relacionadas
Comentários
Loading...