Festival de Cinema de Veneza. 10 filmes que estão (e vão) dar que falar

Como pode e deve decorrer um festival internacional de cinema em tempos de Covid-19? Esta é a pergunta a que a organização do 77º Festival Internacional de Cinema de Veneza vai procurar responder nas próximas semanas.

Ao contrário do que aconteceu com os BAFTA ou com Cannes, a decisão passou desta vez por avançar na mesma com um festival em formato presencial, ainda que sejam decretadas uma série de alterações e novas medidas de segurança. O objetivo passa por conseguir relançar a indústria do cinema.

[Leia também: Do Indiana Jones ao Freddy Krueger: a história de 6 grandes sucessos do cinema que nunca serão esquecidos]

O uso obrigatório de máscara, o distanciamento social e as medições frequentes de temperatura serão parte integrante de todo o festival.

O festival que começa hoje irá contar com inúmeras estreias internacionais de filmes relevantes, sobretudo indies com orçamentos menores que prometem, no entanto, surpreender a audiência. 44% dos filmes que estão em competição para ganhar o Leão de Ouro são realizados por mulheres. De forma significativa, a atriz Cate Blanchett será a presidente do Júri. É apenas a oitava mulher a conseguir este feito.

Eis uma listagem dos 10 filmes que vai querer conhecer.

 

  1. “Nomadland”

Frances McDormand, vencedora de um Óscar, é a grande protagonista deste filme realizado por Chloé Zhao. A história retrata a viagem de uma mulher pelo interior dos EUA após o colapso económico da sua cidade-natal. Um cruel retrato da sociedade moderna misturado com visuais alucinogénios.

  1. “Mainstream”

Com um elenco fantástico composto por nomes como Andrew Garfield, Maya Hawke, Jason Schwartzman e Alexa Domie, este filme dramático realizado por Gia Coppola promete conquistar muitos fãs nos próximos meses. A trama aborda a vida de um grupo de outsiders que ganham popularidade após criarem uma campanha anti comércio. Rapidamente a crescente fama e o desejo de se manterem relevantes vai levá-los a tomar decisões polémicas.

  1. “Pieces of a Woman”

Venice Film Festival 2020 The 10 New Releases To Look Out For

Este filme de Kornél Mundruczó retrata a jornada de uma mãe que vê a sua vida a desmoronar-se após um parto realizado em casa que acaba por ter resultados trágicos. Shia LaBeouf, Sarah Snook e Ellen Burstyn compõe o elenco de um dos filmes mais aguardados do festival.

  1. “Lacci”

O drama familiar de Daniel Luchetti é também altamente aguardado pelos críticos e pelo público. É o primeiro filme italiano a abrir o festival em mais de uma década. Um casamento em crise. Mentiras, chantagem e muitas reviravoltas são os ingredientes principais.

  1. “The World to Come”

Duas esposas de agricultores apaixonam-se neste filme dramático assinado por Mona Fastvold. Um retrato de um amor proibido na América conservadora do século XIX. Katherine Waterston, Vanessa Kirby, Casey Affleck e Christopher Abbot compõe o elenco do filme.

  1. “Wife of a Spy”

Image may contain Clothing Apparel Human Person Robe Fashion Furniture Chair Gown and Kimono

O novo filme de Kiyoshi Kurosawa promete arrebatar os espectadores. Uma história de amor entre um casal de mercadores que se separa mesmo antes do despoletar da 2ªa Guerra Mundial. Uma viagem que dá início a uma devastadora série de eventos.

  1. “The Duke”

A inacreditável história de Kempton Bunton, um excêntrico reformado britânico que alegadamente rouba um quadro do museu National Gallery, em Londres, é a base do novo filme de Roger Michell. Esta comédia é protagonizada por Jim Broadbent e Helen Mirren.

  1. “Nowhere Special”

Após ter dedicado grande parte da sua vida a cuidar e educar o seu filho, um pai tem agora que refazer os seus planos devido a um trágico diagnóstico fatal que determina que tem apenas alguns meses de vida. Um filme “difícil” de Uberto Pasolini que promete emocionar o público.

  1. “Miss Marx”

Image may contain Plant Human Person Flower Flower Bouquet Flower Arrangement Blossom Hat Clothing and Apparel

A atriz Ramola Garai interpreta a filha mais nova de Karl Marx. Uma ativista social, feminista, que dedica a sua vida ao combate de injustiça como o trabalho infantil ou exploração dos trabalhadores. Este filme biográfico é assinado por Susanna Nicchiarelli e retrata em particular as consequências que uma traição amorosa tiveram na vida da ativista.

  1. “Lovers”

A realizadora francesa Nicole Garcia é a responsável por este thriller sexual que tem como protagonistas os jovens atores Pierre Niney e Benoit Magimel. Retrata a forma como as férias de um casal se alteram por completo após a mulher voltar a entrar em contacto com um ex-namorado.

 

[Leia também: Dia Mundial do Cinema: como se transformaram estas estrelas infantis dos anos 70]

 



Notícias relacionadas
Comentários
Loading...