Cinco dicas fundamentais para recuperar o bem-estar de uma relação

É certo que nem todas as relações podem ser “salvas”. Existem momentos e circunstâncias que determinam que a separação é o único caminho viável. Todavia existem inúmeros casos que podem beneficiar com a aplicação de algumas estratégias simples.

Existem certos elementos-chave que devem ser fortalecidos para recuperar uma relação que possa estar a enfrentar um período mais difícil. Eis 5 dicas explicadas pelos especialistas do portal Psychology Today, que prometem ajudar a recuperar o bem-estar de uma relação.

 

  1. Uma maior autoconsciência

O primeiro passo para ultrapassar um qualquer momento conjugal menos positivo é compreender exatamente o que está a correr mal. “O que fiz para magoar a outra pessoa?”, “Que elemento da minha personalidade está a gerar uma maior tensão?”, “O que aprendi com o meu passado e com os meus erros?”. Este tipo de autoanalise é determinante para que seja capaz de corrigir algo. Seja mais vulnerável e entenda o que pode fazer para melhorar a sua dinâmica conjugal.

 

  1. Uma maior empatia

A capacidade de garantir uma elevada empatia pela outra pessoa e pelos seus sentimentos é um aspecto crucial para o sucesso de qualquer relação. Devemos sempre assegurar que continuamos a respeitar o nosso parceiro, independentemente das circunstâncias. Quanto mais tempo passar a refletir sobre a forma como a outra pessoa se pode estar a sentir, mais provável será que decida assumir comportamentos mais conciliadores e amáveis no seu relacionamento.

 

  1. Paciência

A paciência é de facto uma virtude. A verdade é que é frequente termos dificuldade em ser paciente com o nosso parceiro. Queremos que ele seja sempre aquilo que precisamos, na altura em que necessitamos. No entanto, nem sempre isso é possível. Ao longo do processo de reparação de um relacionamento amoroso é fundamental que seja capaz de dar tempo à outra pessoa para que esta aceite, por exemplo, o seu perdão ou que se sinta pronta a mudar um comportamento. Não espere nunca resultados e transformações imediatas.

 

  1. Fortalecer o cuidado

Ao longo de todo este processo deverá estar particularmente atento às necessidades da outra pessoa. É importante que cada um seja capaz de se concentrar menos nas suas emoções mais negativas e passe a estar mais dedicado a procurar garantir que a outra pessoa se sente bem. Pratique gestos amáveis que demonstrem o seu amor: cozinhe uma refeição, faça uma massagem, vão ao cinema, etc. Tudo isto irá ajudar a que a outra pessoa se sinta melhor, conseguindo desta forma aliviar alguma da tensão existente.

 

  1. Consistência

Uma relação não consegue ser salva se não existir consistência nas ações e nos sentimentos. Isto é fundamental pois qualquer relação saudável depende de uma ideia partilhada de segurança, confiança e previsibilidade. Se estiver constantemente a alterar o seu comportamento e a passar de momento positivos para negativos com grande facilidade, o mais provável é que a outra pessoa não se consiga sentir segura, acabando por se focar mais facilmente apenas nos seus receios.

 

 





Notícias relacionadas
Comentários
Loading...