A máscara está a interferir com a sua capacidade auditiva? Eis o que pode fazer

As máscaras de proteção facial são o novo-normal. Com a chegada da pandemia este foi um dos principais hábitos que todos passámos a ter que cumprir. Sendo certo que no início existia ainda alguma desconfiança relativamente ao seu uso e eficácia a verdade é que agora evidente que as máscaras são um instrumento determinante para conter a propagação.

No entanto, para alguns este uso de máscara representa um inconveniente ainda maior. É certo que ao esconder as expressões faciais pode tornar-se mais difícil compreender certas subtilizes de conversação. Passa também a ser impossível “ler” os lábios da outra pessoa. Adicionalmente, o facto de o tecido reduzir o volume e clareza do discurso, acaba por determinar que qualquer pessoa que tenha maiores dificuldades auditivas está a ter que enfrentar um desafio consideravelmente maior.

[Leia também: Sabia que existe uma app capaz de o ajudar a ouvir melhor?]

Existem inúmeros tipo de formatos e de materiais associados a estas máscaras. Sendo certo que quase todos ajudam a diminuir a propagação do vírus, é verdade também que dificultam o “trabalho” dos nossos ouvidos. De acordo com os especialistas, dependendo dos materiais usados, as máscaras podem ser capazes de reduzir o volume do discurso entre 4 a 12 decibéis.

De forma a ajudar as pessoas com deficiências auditivas, eis alguns conselhos essenciais relativos ao que deve fazer sempre que tiver dificuldade em ouvir uma outra pessoa.

 

  1. Assuma uma estratégia e mantenha as interações breves

Isto vai ajudar a melhorar a sua compreensão e assegurar que reserva a sua energia para outras conversas ou situações mais importantes. Conversas demasiado longas podem ser penosas para quem não ouve tão bem. De resto procure sempre encontrar estratégias que permitam minimizar as situações mais difíceis. Encomende preferencialmente as suas compras online. Se tiver alguma dúvida ligue sempre à loja primeiro antes de tentar iniciar a conversa presencialmente. Por último assegure-se sempre que os seus aparelhos auditivos estão a funcionar e as baterias carregadas.

 

  1. Utilize aplicações que facilitem a audição

A tecnologia parece oferecer uma solução para praticamente qualquer problema. Atualmente existem já um conjunto de aplicações para smartphone que permite converter instantaneamente um discurso oral para um texto escrito, permitindo que consiga ler aquilo que uma outra pessoa acabou de dizer. Isto é particularmente útil quando falamos com alguém de língua estrangeira, pois o texto irá traduzir para o seu idioma.

 

  1. Alerte a outra pessoa

Se já sabe que a máscara que as pessoas usam habitualmente impede a sua capacidade de ouvir um discurso, então o melhor é alerta logo a pessoa para essa situação. Peça que falem um pouco mais alto e lentamente. Não deixe que elas comecem a falar e só mais tarde avise que terão de repetir tudo porque não conseguiu ouvir. De resto, nunca peça para que alguém tire a máscara. A segurança deve ser uma prioridade.

 

  1. Evite a frustração

Este tem sido um ano difícil para todos. É certo que uma má audição pode ser algo incrivelmente frustrante, no entanto não se deixe sentir mal. Aprenda a viver o melhor possível com esta situação. Seja gentil para consigo e para com os outros. Peça compreensão e seja compreensivo.

 

 

[Leia também: 5 estratégias que prometem ajudar a tornar-nos mais pacientes]

 

 



Notícias relacionadas
Comentários
Loading...