7 dicas eficazes (e divertidas) para ajudar a cumprir as suas resoluções de Ano Novo

O novo ano já chegou e é agora tempo de recomeçar a sua atividade. Entramos com um espirito renovado e vontade de fazer melhor. Todos queremos tornar estes próximos meses bem melhores que os anteriores.

É habitual fazermos algumas promessas na noite de Passagem do Ano. Definimos um conjunto de objetivos e desejos que queremos ver cumpridos. Melhorar a alimentação, perder peso, iniciar um novo objetivo profissional, são algumas das escolhas mais comuns.

No entanto, nem sempre é fácil manter a motivação ao longo de todo o ano. Muitos acabam por simplesmente esquecer tudo aquilo que tinham prometido fazer (ou deixar de fazer). Nesse sentido, eis algumas dicas que podem ajudar a que seja capaz de cumprir tudo aquilo que prometeu.

 

  1. Escrever todos os seus objetivos

Pode decidir escrever uma lista numa folha de papel, criar um documento no computador ou até enviar um e-mail para si mesmo, o importante é que tenha um registo concreto dos seus desejos e objetivos para este ano. Algo que o acompanhe no seu quotidiano e que possa ver constantemente. Criar este tipo de registo vai garantir que se torna mais difícil esquecer as suas promessas.

 

  1. Defina objetivos concretos

Apenas assim irá conseguir ter a certeza que continua no rumo correto. “Quero comer melhor” não é um objetivo suficientemente concreto. Por outro lado, “vou deixar de consumir açúcar e cereais refinados” já é algo bem mais claro. Isto vai ajudar a que não se consiga enganar a si mesmo. As regras passam a ser mais óbvias e não “espaço” para pequenos enganos.

 

  1. Fale com as outras pessoas

É fundamental que seja capaz de comunicar aos outros as suas resoluções para o novo ano. Quando falamos sobre isso com os nossos amigos e familiares estamos a tornar tudo mais oficial. Não cumprir esses objetivos torna-se assim potencialmente mais humilhante e embaraçoso. Pode até escolher fazer algo mais extremo e publicar nas suas redes sociais as suas principais metas. Este tipo de visibilidade e acompanhamento externo irá colocar uma pressão saudável.

 

  1. Identifique as suas razões e motivações

Para cada um dos seus objetivos deve ser capaz de escrever as razões e motivações positivas que estão associadas ao concretizar dessas “metas”. Como é que conseguir alcançar algo o irá fazer sentir? Como é que isso irá afetar a sua autoestima? Quem vai beneficiar mais com isso? É importante que seja capaz de fazer estas reflexões de forma garantir a proteção da sua motivação.

 

  1. Adicione mais “prazer” extra as suas futuras conquistas

Uma dica particularmente eficaz está relacionada com a recompensa associada ao concretizar de um qualquer objetivo. Deve sempre associar um prémio à possibilidade de cumprir o que prometeu. Uma viagem, uma massagem, uma compra mais dispendiosa, etc. Esta é uma forma simples de acrescentar mais motivação.

 

  1. Adicione alguma “dor” à possibilidade de falhanço

Por outro lado, definir um conjunto de penalizações caso não cumpra os seus objetivos será igualmente eficaz. Um bom balanço entre os reforços positivos e negativos é o ideal. Caso falhe as suas metas pode, exemplo, decidir oferecer um qualquer artigo dispendioso a alguém ou doar o seu dinheiro a uma qualquer organização da qual não seja particularmente fã. Um outro exemplo de penalização pode ser o assumir publicamente o falhanço através de um vídeo público.

 

  1. Lide melhor com os fracassos

As pessoas mais bem-sucedidas não são aquelas que nunca falham, são antes as que nunca desistem. Neste sentido, é provável que possa vir a passar por momentos mais frágeis ou que nem sempre seja capaz de cumprir religiosamente tudo aquilo que prometeu. Aprenda a lidar melhor com estes momentos e proteja a sua autoestima. Recupere rapidamente o rumo e não desista apenas por que fracassou momentaneamente.

 

 



Notícias relacionadas
Comentários
Loading...