5 truques (secretos) usados para avaliar candidatos em entrevistas profissionais

O mercado de trabalho é habitualmente extremamente competitivo. Sobretudo neste momento de maior incerteza económica e profissional é fundamental garantir que somos capazes de maximizar as nossas chances de progredir na carreira.

Atualmente as empresas estão a efetuar processos de recrutamento cada vez mais alargados. Para um só cargo podem ser entrevistados dezenas de candidatos, sendo que alguns destes podem até estar disponíveis para trabalhar remotamente.

[Leia também: Quer mudar de emprego? Siga estas 6 dicas (preciosas) nas redes sociais]

Para todas as outras pessoas que terão que efetuar as suas entrevistas presencialmente é determinante que seja capaz de impressionar e que esteja preparado para dar as respostas certas.

Conheça alguns dos truques misteriosos mais usados pelos recrutadores para avaliar os possíveis candidatos.

 

  1. O truque do café

Este é um simples truque que pretende avaliar se o candidato terá possibilidade de se integrar positivamente no ambiente da empresa. Habitualmente durante a entrevista é possível que seja convidado a deslocar-se até à copa para beber um chá ou café. Já no final da entrevista, o recrutador estará atento ao que vai fazer com o copo ou chávena que usou. Segundo os especialistas se o candidato devolver a chávena à copa ou perguntar o que deve fazer, isso será considerado um ponto positivo pois irá demonstrar que é uma pessoa cuidadosa e atenciosa.

 

  1. O tratamento silencioso

Esta é uma técnica usada frequentemente pelos jornalistas. Basicamente tenta-se criar um momento silencioso para testar o nível de desconforto da outra pessoa e verificar se esta fica mais nervosa e como decide reagir. Numa entrevista profissional é comum que este momento possa também existir. É uma forma de testar o caráter e paciência do candidato. Quando recrutador parar para tirar algumas notas, não é recomendado que tente imediatamente fazer conversa e “vomitar” palavras. Demonstre que é capaz de lidar com o silêncio e, caso este demore muito tempo, pergunte apenas algo do gênero: “respondi a sua anterior pergunta ou deseja que elabore um pouco mais?”.

 

  1. Sentar e esperar

Um dos momentos mais desagradáveis de qualquer entrevista é o período inicial de espera. Sendo certo que este tempo pode ser provocado por algum tipo de imprevisto, a verdade é que em muitos casos é gerado de forma propositada. Serve para testar a forma como o candidato lida com esse desconforto. Tente manter-se calmo, focado e paciente. Não deixe que a espera o torne ansioso.

 

  1. Deixar cair a caneta

Alguns entrevistadores revelam utilizar este truque como forma de determinar o tipo de personalidade do candidato. A meio da entrevista é deixado cair uma caneta de forma “acidental”. Caso o candidato institivamente se baixe para a apanhar então isso ajuda a revelar que é uma boa e gentil pessoa. A grande parte dos candidatos prepara-se bem para impressionar, no entanto nestes momentos é possível verificar os verdadeiros instintos das pessoas.

 

  1. Conhecer a equipa

Habitualmente este é um sinal de que a entrevista correu bem. O recrutador pede para saírem da sala e irem conhecer o resto da equipa. Esta é também uma oportunidade de mais tarde receber feedback do resto da equipa sobre si. Caso o entrevistador tenha gostado de si mas o resto dos colegas não, então isso pode ser um forte entrave. Procure ser amigável e caloroso com todos, não baixe a “guarda” até estar bem longe do escritório.

 

 

[Leia também: 10 sugestões de empregos para mulheres acima dos 50]

 



Notícias relacionadas
Comentários
Loading...