5 factos (curiosos) sobre idiomas e linguagem capazes de surpreender

A comunicação é um dos skills fundamentais da interação humana. É através desta “ferramenta” que somos capazes de evoluir, aprender e de nos conectarmos com o resto do mundo. Uma falha de comunicação é o suficiente para afastar duas pessoas e para gerar enormes conflitos.

É igualmente incrível a diversidade de idiomas no nosso planeta. Entre os mais de 7 mil milhões de seres humanos, existem pelo menos 7000 idiomas diferentes utilizados por povos, culturas e nações.

[Leia também: 3 truques para “forçar” o seu cérebro a aprender um novo idioma]

Conheça agora alguns dos factos mais curiosos sobre estes idiomas que prometem surpreender, recolhidos recentemente pelo portal EF.

 

  1. O basco é uma língua misteriosa

Este idioma é falado por mais de 700 000 pessoas no País Basco. Este pequeno território na fronteira entre Espanha e França é um lugar especial, único e incrivelmente remoto. Os especialistas defendem que este idioma é completamente diferente de todos os outros, pelo que não se consegue encontrar uma origem exata. No entanto estima-se que seja mais antigo do que qualquer outra língua europeia.

 

  1. Existe um idioma com apenas 12 letras

A população da ilha Bouganville (junto da Papua Nova Guiné) é conhecida por falar um idioma composto por apenas 12 letras. Como pode imaginar, jogar Scrabble neste país não deve ser um exercício muito entusiasmante.

 

  1. Mais idiomas vs mais palavras

A Papua Nova Guiné é o país do mundo com mais idiomas, existindo no total cerca de 840 diferentes. Já a língua inglesa é aquela que contém mais palavras – cerca de 750 000. Sendo que todas as semanas são adicionados novos termos.

 

  1. Os EUA não têm nenhuma língua oficial

Apesar de o inglês ser a primeira língua da maior parte dos americanos e a mais falada nos negócios, media e na política, a verdade é que esta não é a língua oficial do país. Isto acontece porque nunca foi definido nenhum idioma oficial.  Apesar de o inglês ser a língua dominante desde o início da colonização no séc. XVII, nunca existiu uma declaração oficial.

 

  1. A língua inglesa e a francesa estão espalhadas por todo o mundo

O idioma inglês é ensinado em praticamente todos os países do mundo. É a “língua universal” que todos utilizamos para falar no estrangeiro. Surpreendentemente o francês continua igualmente a ser ensinado praticamente em todo o lado. Apesar de tudo isto, nenhuma destas línguas é a mais falada no mundo: o mandarim chinês é o detentor desse título.

 

 

[Leia também: Até que idade podemos aprender facilmente um novo idioma?]

 

 



Notícias relacionadas
Comentários
Loading...