10 erros (comuns) que todas as sogras devem procurar evitar

É algo comum ouvirmos falar sobre a quão tensa e complicada pode ser a relação entre sogra e nora. A verdade é que nem sempre é fácil conseguir assegurar uma relação próxima e saudável. Muitas vezes as mães têm dificuldade em aceitar as escolhas e independência dos filhos.

Para que esta relação funcione bem é necessário um certo afastamento. Nenhum pai ou mãe deve interferir tão diretamente nas relações românticas dos filhos. De resto é essencial que se respeitem alguns limites, assim como a autoridade dos novos pais – sobretudo quando nascem os netos.

[Leia também: Ao cuidado dos avós. Deve intervir em discussões entre os seus filhos e netos?]

Recentemente o portal Considerable recolheu um conjunto de queixa e críticas mais frequentemente apresentadas por mulheres e mães em relação ao comportamento das suas respetivas noras. Estas são as 10 coisas que deve mesmo procurar evitar, segundo uma das noras entrevistadas.

 

  1. Conselhos parentais? Não obrigado

Caso precisem de alguns conselhos ou dicas as novas mães têm agora imensos recursos disponíveis, incluindo a opinião de amigos, pediatras e, mais importante, do seu filho. A não ser que algum deles solicite a sua opinião, o melhor é deixar que eles encontrem as suas próprias respostas. É fundamental não interferir com o processo educativos das crianças.

 

  1. Passivo agressivo é na mesma agressivo

Existe uma certa tendência para que as sogras decidam contar algumas histórias nos momentos mais inconvenientes. Aquela história sobre a forma como costumava preparar de forma perfeita as refeições ao seu filho é dispensável. Sobretudo quando a sua nora decide trazer comida já feita do supermercado para o jantar. É uma crítica muito pouco subtil.

 

  1. Não tenho que ser eu a cuidar de tudo

Pode até dizer que nunca mimou demasiado o seu filho, mas o mais provável é que esteja errada. É normal que este não esteja habituado a limpar e cuidar a sua própria sujidade. Isso não significa que seja agora esse o papel da sua nora. Felizmente o mais provável é que esta esteja agora a ensinar os seus netos a cumprir as suas responsabilidades diárias. Não critique nunca esse ensinamento.

 

  1. Evite tanta cerimónia

A ideia é que passados alguns anos de convivência todos façam parte de uma grande família. Deixe de se sentir rancorosa por não ter recebido um cartão de agradecimento depois de ter organizado um qualquer almoço. O mais provável é que isso seja sinal de que a sua nora já se está a sentir mais confortável junto de si e procure quebra algum do formalismo desnecessário.

 

  1. Mi casa no é a sua casa

Procure ao máximo evitar aparecer sem aviso na casa do seu filho e da sua nora. Este tipo de hábito é extremamente desagradável. Avise sempre com antecedência de forma a respeitar o espaço e a privacidade do casal.

 

  1. Sim, eu sou boa o suficiente para ele

É amoroso que acredite que o seu filho é perfeito. No entanto é bom que acredite também que a sua nora é excelente para ele, caso contrário isso poderá originar uma enorme tensão. Evite julgamentos de valor e procure concentrar-se no amor que a sua nora manifesta.

 

  1. Cuidar dos netos

Gosta imenso de contar aos seus amigos o quanto adora passar tempo com os seus netos. Mas quando a sua nora lhe pede para cuidar deles é capaz de demonstrar que este pedido é algo inconveniente? Evite este tipo de comportamento. É certo que não deve deixar de viver a sua vida, mas aproveite ao máximo o tempo que pode passar com os seus netos enquanto estes são pequenos.

 

  1. O dinheiro não compra amor

Sempre que é Natal ou quando os seus netos fazem anos é recomendado que fale com os pais para receber algumas ideias e limites, claro. O pior que pode fazer é tentar oferecer coisas aos netos que os pais proibiram expressamente. Portanto, antes de comprar a tal consola de jogos, não se esqueça nunca de ligar à nora para receber um OK.

 

  1. Não somos iguais

A verdade é que a sua personalidade pode ser completamente diferente da forma de ser da sua nora. Isso não significa que ela não a respeite. Antes pelo contrário. Lembre-se que quando ela aceitou casar com o seu filho, aceitou também acolher toda a família e isso inclui-a a si.

 

  1. Obrigado!

Apesar de toda a dificuldade ou de todos os momentos mais inconvenientes, o mais provável é que a sua nora sinta uma enorme gratidão. Irá sempre agradecer o facto de ter educado o homem que ama e por ter criado uma pessoa tão decente e responsável.

 

 

[Leia também: Atenção sogras. Estas são as melhores dicas para conquistar a sua nora]

 



Notícias relacionadas
Comentários
Loading...